Procon-RJ dá 8 dicas para comprar presentes para o Dia das Crianças No mês de outubro é celebrado o Dia das Crianças e os brinquedos são os principais presentes que os pequenos escolhem receber nesta data. O consumidor precisa ficar atento a vários fatores para garantir a segurança e bem estar da garotada. Apesar de divertidos e lúdicos, os brinquedos também podem trazer riscos, por isso é importante observar alguns pontos na hora de comprar o presente.

Selo do Inmetro
A primeira coisa que deve ser procurada no brinquedo é o selo de certificação do Inmetro. Esse selo é a garantia de que o produto foi avaliado e apresenta as condições mínimas de segurança para o seu uso. Devendo estar presente inclusive em produtos importados.

Faixa etária recomendada
Outro fator muito importante é a faixa etária para a qual o brinquedo é indicado pelo fabricante. Um brinquedo pode ser adequado para uma idade, mas perigoso para outra. Os recomendados para crianças mais velhas, por exemplo, podem conter peças pequenas que se soltam e podem ser perigosas para as mais novas.

Composição do brinquedo
Alguns brinquedos podem conter elementos tóxicos em suas composições que não podem ser levados à boca, podendo ser uma brincadeira perigosa para as crianças que estão na "fase oral". No caso de crianças alérgicas, observar a composição é primordial, já que o brinquedo pode conter substâncias que a criança tenha alergia.

Peças pequenas
Para crianças menores, é bom evitar brinquedos que possuem partes muito pequenas, já que a criança pode engoli-las. O mesmo vale para brinquedos que possuem baterias menores.

Recall
Verificar se existe recall para o objeto que irá comprar é outro ponto que merece atenção. O recall é uma convocação feita pelo fabricante para o reparo de lotes de produtos que possam estar com defeito de fabricação, ele só acontece quando há um risco. O consumidor pode verificar se existe uma campanha de chamamento através do site do Ministério da Justiça: http://portal.mj.gov.br/recall.

Atenção ao comprar pela internet
É importante observar se o site é seguro, confiável, se possui o nome e o CNPJ da empresa e informações necessárias para fazer contato. Além disso, atenção aos valores oferecidos pelos produtos ofertados. Preços muito abaixo da concorrência devem ser vistos com desconfiança. Observe as especificações do produto que deseja comprar. Como você não tem o produto em mãos, as especificações permitem que você saiba qual é o seu tamanho e peso, por exemplo.

Exija a nota fiscal
Sempre que for comprar qualquer produto, exija a nota fiscal. Ela é a comprovação de compra daquele item. Será indispensável se o consumidor precisar acionar a garantia do produto e também se precisar abrir uma reclamação no Procon.

Pesquise
Se já sabe o brinquedo que irá comprar, faça pesquisa de preços. De uma loja para a outra, um mesmo produto pode ter uma diferença significativa no valor. A internet pode ser uma aliada na hora da pesquisa de preços.