Alerj presta homenagem a deputado vítima da covid-19 O deputado estadual João Peixoto (DC-RJ), morreu nesta quarta-feira (30) em decorrência da covid-19. Peixoto, que tinha 75 anos, estava internado no Hospital Dr. Bêda desde o dia 27 de agosto, em Campos dos Goytacazes, sua cidade natal.

A Alerj fará uma sessão solene em homenagem ao parlamentar, nesta ‪quarta, às 15h‬. O presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT), decretou luto oficial por três dias, com as bandeiras a meio mastro.

Ceciliano lamentou a morte do companheiro de plenário e apresentou suas condolências à família. "É triste constatar a perda de mais um amigo, que deu uma grande contribuição à política do nosso estado, partindo dessa maneira", afirmou.

Pelas redes sociais, outros colegas do deputado deixaram suas homenagens.

“Com grande tristeza recebi a notícia do falecimento do colega de trabalho Deputado João Peixoto, muito gente boa, em decorrência de complicações causadas pela Covid-19. Meus sentimentos a todos os familiares do Deputado João Peixoto, que Deus conforte o coração de todos”, escreveu o deputado Fábio Silva (DEM) em suas redes sociais.

João Peixoto exercia seu sexto mandato na Alerj. Líder do Democracia Cristã na Casa, também foi vereador em Campos, na década de 1990. Casado e pai de três filhos, Peixoto ficou conhecido por ser autor da lei que levou o abastecimento por GNV para o Norte Fluminense.

Em função do falecimento do deputado, em seu lugar assume o suplente Eurico Júnior (PV). Júnior foi deputado federal, vereador e prefeito