Rio de Janeiro realiza campanha na Semana Nacional do Trânsito
Nesta Semana Nacional do Trânsito, que vai até a próxima sexta-feira (25), o Detran-Rio reforça a necessidade da conscientização de que pequenos hábitos podem fazer a diferença e salvar vidas tanto na atenção com o tráfego quanto nos cuidados com a saúde. O período chama a atenção da população para os perigos do trânsito e ganha especial importância neste ano de pandemia.
 
De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro, o período de pandemia trouxe queda no número de vítimas de trânsito no estado. Entre janeiro e agosto, esse número caiu 40% em relação ao ano passado. Em agosto de 2019, por exemplo, foram 2.593 vítimas de trânsito e, neste ano, 1.863. Com a campanha, o Detran busca mostrar que é possível manter esse índice em baixos patamares com pequenas mudanças de hábitos.
 
- Durante a pandemia, aprendemos que alguns hábitos como utilização do álcool em gel, uso de máscara e outras medidas de segurança sanitária salvaram nossas vidas. Ajustamos nossa rotina para esses pequenos hábitos pela sobrevivência de todos. Agora, precisamos levar esse aprendizado para o trânsito. Vamos mostrar que também é possível e necessário introduzir mudanças positivas no trânsito, como retirar os fones de ouvido ao atravessar corretamente na faixa, usar sempre o capacete nas motos e silenciar as notificações do celular enquanto dirige, entre outras - explicou o presidente do Detran-RJ, Marcello Braga Maia.
 
Uma série de ações educativas online será realizada com o tema ‘Perceba o risco, proteja a vida’. Todos os atores do trânsito serão abordados. Mas com o aumento do fluxo de entregadores com bicicletas e motocicletas nas ruas, o maior foco será neles e os cuidados que devem ter no trânsito, com a sua vida e a higienização dos veículos e entregas.
 
- Queremos reforçar que esse é o momento para pensarmos em prevenção, tanto na saúde quanto no trânsito. Para ampliar o alcance da nossa mensagem, respeitando o distanciamento necessário neste momento de pandemia, focaremos na campanha virtual. Mensagens serão distribuídas através de parcerias com os aplicativos de corridas, e de GPS, para alcançar ainda mais pessoas. O momento atual nos mostra que é preciso cuidado redobrado na saúde e também no trânsito - alertou o coordenador de Educação para o Trânsito do Detran-RJ, Rodrigo Varejão.