Pastor é baleado e morto em fogo cruzado em um mercado em Miami O pastor Gregory Boyd líder de um ministério de igrejas evangélicas localizado em Miami, Flórida/EUA, foi baleado e morto do lado de fora de um mercado de pulgas local.

A polícia de Miami-Dade disse acreditar que Boyd, 54 anos, foi alvo de bala perdida no fogo cruzado entre dois grupos de criminosos. Ele estava passando por uma sapataria quando começou uma discussão entre uma mulher e um grupo de homens. Um segundo grupo se aproximou enquanto a discussão esquentava, disparos de arma de fogo irrompiam e o pastor foi baleado, segundo meios de comunicação locais.

A família de Boyd e sua igreja lamentaram sua morte prematura e pediram orações.

"Estamos de luto pela perda de nosso querido pastor Gregory Boyd. Mantenha sua esposa, família, amigos e congregação em oração. Sua ausência é realmente sentida no condado de Miami-Dade e possivelmente até mais longe. Não temos muitas palavras, porque ainda estamos em choque. Mas agora é hora de orar e mostrar amor um ao outro. Amor é o que acontece”, disse a igreja em um comunicado postado no Facebook.

Boyd foi pastor da igreja por 20 anos, de acordo com a WSVN-TV.

Em um boletim pedindo a ajuda do público, a polícia disse que Boyd foi baleado por volta das 18h05 de quinta-feira (10) na 7900 NW 27 Avenue, em Miami. Ele foi transportado para o Jackson Memorial Hospital Ryder Trauma Center e morreu pouco tempo depois de chegar ao centro médico.

Um repórter e fotojornalista da estação de televisão local WPLG estava fazendo uma reportagem ao vivo sobre um tiroteio que matou uma menina de 7 anos quando tiros foram disparados perto do mercado de pulgas.

A emissora forneceu às autoridades um vídeo do local para ajudar na investigação. Nenhuma prisão foi efetuada.

A filha de Boyd, Sharita Cooper, escreveu em um post no Facebook que a morte de seu pai é um "pesadelo".

“Fico pensando que é um pesadelo do qual não consigo acordar. É tão difícil de digerir”, escreveu ela. "Para os jovens que atiraram várias vezes uns nos outros sem consideração pela vida, eu oro para que vocês vejam que vocês não apenas mataram um grande homem de Deus, mas também tiraram meu pai, meu herói, um ótimo marido para minha mãe e um amigo / membro da família ainda melhor para inúmeras outras pessoas. Ele é bem conhecido por muitos e a justiça será feita. "

Boyd e a pastora Deborah Boyd fundaram a igreja “New Birth Harvest Outreach Ministries Churches of Deliverance”. A igreja declara que sua missão é: "Pregar o evangelho de Jesus Cristo e ajudar viúvas, crianças e necessitados. Também reabilitar ex-presidiários (homens e mulheres) para ensinar e mostrar-lhes o caminho por meio do exemplo natural e cru da Palavra de Deus."
Os Boyds foram casados há quase 24 anos. Ele era pai de três filhos e deixou vários netos.