Pastor de megaigreja se afasta do púlpito para tratar pecado do orgulho

Depois de mais de 20 anos na liderança, Todd Wagner, pastor sênior e co-fundador da “Watermark Community Church” em Dallas, Texas, anunciou no domingo (06) que está se afastando temporariamente de seu púlpito devido ao pecado do orgulho.

“Pela primeira vez em 20 anos, estou recuando do que costumo fazer para poder fazer o trabalho árduo. Portanto, não fique procurando por algum escândalo. Nem pense que isso é escandaloso. O que é escandaloso é quando um cristão brinca, ignora ou dá boas-vindas ao pecado, respeitável ou não ”, disse Wagner à sua megaigreja, que tem em média 11 mil fiéis semanais em quatro campi.

“Agradeço a Deus por ter amigos para me ajudar. O orgulho mata. E eu chamaria o que ouvi meus amigos descreverem de orgulho. Esse é o pecado. E é realmente interessante porque você sabe que eu não penso em mim ou me enganei pensando que não sou uma pessoa orgulhosa porque nunca me olho no espelho e aplaudo ", explicou ele.

Segundo o site Christian Post, Wagner explicou que ele e seus anciãos têm conversado sobre seu pecado desde junho e eles passaram por um período de arrependimento e agora ele estava pedindo perdão aos membros da igreja.

Wagner explicou que ele chegou a um ponto no ministério em que simplesmente não ouvia o suficiente a sua equipe de liderança e falhou em liderar “com a graça usual em meus relacionamentos com meus amigos mais próximos”.

“Tenho estado irritadiço, às vezes estou invalidando, sou impaciente, o suficiente para que as pessoas percebessem a diferença e pior, não as ouvi quando me perguntavam e diziam coisas como '... você está bem?’”, Ele explicou, dizendo que às vezes era indiferente.