Incêndio provocado durante chá revelação mobiliza 500 bombeiros O Corpo de Bombeiros da cidade de El Dorado, no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, informou que "um dispositivo pirotécnico gerador de fumaça usado numa festa para revelar o sexo de um bebê" foi o causador de um incêndio que começou no sábado (05).

Ao todo, mais de 500 bombeiros e quatro helicópteros foram mobilizados para combater o incêndio que destruiu cerca de 2,8 mil hectares, o equivalente a 28 mil m², de acordo com o Departamento de Florestas e Proteção contra Incêndio da Califórnia. Os moradores da região, que fica a 125 km a leste de Los Angeles, foram obrigados a deixar suas casas porque o fogo poderia se alastrar rapidamente.

O fogo teria começado na cidade de Yucaipa, perto de Oak Glen, às 10h23 (horário local; 14h23 no horário de Brasília) e, até a manhã local desta segunda-feira (07), somente 5% das chamas foram controladas, de acordo com informações dos bombeiros.

Segundo site Desert Sun, o governador da Califórnia, Gavin Newsom, declarou estado de emergência em cinco condados, incluindo o de San Bernardino devido ao incêndio do El Dorado, que continua "extremamente ativo" devido à vegetação seca, terreno íngreme e calor sufocante em toda a região.

"O Oak Tree Mountain, que fica próximo ao epicentro do fogo, é uma área de recreação durante todo o ano, foi fechada em março devido à pandemia de coronavírus e novamente em 1º de agosto por causa de um incêndio. Ele foi reaberto por três horas no sábado antes de fechar novamente, desta vez devido ao incêndio de El Dorado", explicou o proprietário Precious Dykstra.