Publicidade

Ferido, mas não derrotado O meia Willian experimenta uma antítese de sentimentos. Com sorriso nos lábios e lágrimas nos olhos, o jogador comemorou a classificação do Brasil para a final da Copa América e lamentou a contusão que o deixará de fora da grande final. Willian, que foi convocado às pressas para substituir Neymar, contundido antes mesmo do início da competição, foi vetado nesta quarta-feira (03) pelo Departamento Médico da Seleção. Após exames foi detectada uma lesão no posterior da coxa direita do jogador.

“Ferido, mas não derrotado. É Deus quem sustenta. Obrigado Senhor, pelo privilégio e pela honra de vestir essa camisa e lutar pelo meu país. Estamos na final”, disse o atleta.

Quando soube de sua convocação, Willian estava de férias em Israel com a família, em tour religioso. Ele chegou a “reafirmar” seu batismo em cerimônia no Rio Jordão.

O Brasil vai enfrentar o Peru, que ontem à noite se classificou para a final ao vencer o Chile por 3-0 na Arena do Grêmio. A grande final será domingo (07) no Maracanã, às 17h.