Revelação do Espírito Santo levou pastor libanês a salvar a vida de fiéis na explosão em Beirute O pastor Said Deeb, da Igreja Life Center, em Beirute, disse ao site americano CBN News que no dia da explosão massiva, um sentimento estranho se apoderou dele - uma combinação de ansiedade, raiva e tristeza que o abalou profundamente. Ele disse que orou com sua equipe, mas não teve sucesso e não conseguia se livrar da sensação de que algo ruim estava para acontecer.

“Não sei porque, fui tão rude que disse a todos: 'Vão para casa, vão para casa, fechem a igreja”, explicou o pastor Deeb. “Mas as pessoas diziam: 'Como assim? Percorremos um longo caminho, temos compromissos, temos reuniões'. Eu disse não sei porquê, mas por favor, vão para casa e voltem no domingo, e era uma tarde de terça-feira", disse ao CBN.

Então, o pastor Deeb mandou toda a sua equipe de 34 pessoas para casa e cancelou todas as aulas bíblicas para crianças depois de sentir que algo terrível estava para acontecer.

“Era como se o Espírito Santo dissesse: Vai! Vai! Vai! Vai! Então eu estava dizendo para todos irem para casa, desligarem os computadores, forçando-os a sair, e eles falaram: 'Estamos cozinhando, cozinhando comida para os refugiados e para os pobres ', e eu disse,' Hoje cancelem tudo, coloquem na geladeira '. "

"Eles estavam pensando que eu tinha perdido a cabeça, mas não sabiam e eu não sabia que era a inspiração do Espírito Santo."

A “Life Center Church Beirut” fica a apenas cerca de um quilômetro do epicentro da explosão. O pastor disse que a explosão estourou as janelas e portas da instalação de 4.000 metros quadrados e certamente teria tirado vidas se alguém estivesse lá. Mais de 200 pessoas perderam a vida nessa explosão, milhares ficaram feridas e dezenas de milhares estão agora sem casa. Mas o pastor Deeb diz que está vendo a Igreja se unir agora mais do que nunca em nome de Beirute.

"A necessidade ao nosso redor é enorme, então pessoas estavam vindo de todo o Líbano para ajudar a limpar a área onde estamos e começamos a enviar comida e bebidas. E eu agradeço a Deus pelo Corpo de Cristo, as pessoas continuam me chamando de todo o mundo, perguntando como elas podem ajudar. É a primeira vez na minha vida que sinto que a Igreja Internacional está unida para ajudar o Líbano e para ajudar Beirute ", disse Deeb.