Preso tio que estuprou e engravidou a própria sobrinha

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, divulgou em uma rede social agora pela manhã que o homem que estuprou e engravidou a sobrinha de 10 anos foi preso durante a madrugada desta terça-feira (18).



O governador disse que os detalhes da operação serão repassados pela equipe de segurança ainda hoje.



A equipe da Polícia Civil de São Mateus confirmou a prisão, realizada na região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. A equipe está em deslocamento para o Espírito Santo. Segundo o Secretário da Segurança Pública do Espírito Santo, coronel Alexandre Ramalho, o acusado confessou o crime a caminho da prisão.



O homem de 33 anos suspeito de estuprar e engravidar a própria sobrinha, uma menina de 10 anos, em São Mateus, no norte do Estado, já foi preso por tráfico de drogas e cumpriu pena entre 2011 e 2018. As informações são da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus).



Ainda de acordo com a Sejus, o suspeito deu entrada no sistema prisional do Estado em maio de 2011 e, em março de 2017, foi beneficiado com a progressão da pena para o regime semiaberto, quando o detento pode trabalhar durante o dia e voltar para a prisão para passar a noite.



A Sejus informou ainda que o suspeito saiu da cadeia um ano depois da conversão da pena, em março de 2018. De acordo com a secretaria, o homem cumpriu pena em unidades de regime fechado e semiaberto, sendo a última na Penitenciária Regional de Linhares, também no norte do estado.



Após a Justiça autorizar, a menina teve a gravidez interrompida em um hospital no Recife, já que no Espírito Santo as unidades de saúde se negaram a realizar o procedimento.

A Justiça também determinou que a ativista Sara Winter retirasse o nome da criança das redes sociais. Sara expôs a menina na tentativa de impedir o aborto.



Segundo médicos, caso levasse a gravidez adiante, a menina correria risco de morte. Ela segue sob cuidados médicos e tem boa recuperação, de acordo com o hospital.