Primeira-dama perde a avó para a Covid-19 Um dia após anunciar que está curada da Covid-19, a primeira-dama Michelle Bolsonaro recebeu a notícia da morte de sua avó, vítima da doença. Dona Maria Aparecida Firmo Ferreira tinha 80 anos e estava internada na UTI do Hospital Regional de Ceilândia, no Distrito Federal, desde o dia 3 de julho. O falecimento ocorreu na madrugada desta quarta-feira (12).

Dona Maria respirava por meio de traqueostomia e tinha comorbidades. Segundo o hospital, ela teve uma parada cardiorrespiratória às 2h da manhã. A equipe médica tentou reanimá-la, mas não teve sucesso. 

Ceilândia é a região com o maior número de casos de coronavírus no Distrito Federal, com mais de 15 mil registros.

Recuperação

A primeira-dama foi infectada após o presidente Jair Bolsonaro também ser contaminado. Ele informou no dia 7 de julho que seu exame tinha dado positivo.

A primeira-dama, o presidente Bolsonaro e as filhas Letícia e Laura moram na residência oficial, no Palácio da Alvorada, em Brasília. No comunicado em que Michele anuncia que está recuperada, também aparecem imagens de exames negativos das filhas.