Idosa é curada de covid-19 e ganha culto de gratidão a Deus
O Brasil já ultrapassou a marca de 2 milhões de pessoas curadas do coronavírus, tornando o 2º país em todo o mundo com o maior número de curados, atrás apenas dos Estados Unidos. E uma destas pessoas que superou a doença é dona Idalina Balbi Garcia, de 81 anos, membro da Igreja Batista Comunhão de Vila Velha, no Espírito Santo, onde cerca de 80 mil pessoas já se livraram da Covid-19.

Idalina ficou sete dias internada Hospital da Associação dos Funcionários Públicos do Espírito Santo (AFPES) em Vitória, sendo seis na UTI. Durante todo o período ela pode contar com as orações da família e da igreja. Felizmente, no dia 13 de julho, ela pode voltar para casa, no bairro Guadalajara, em Vila Velha.

Se recupernado em casa, a idosa recebeu na última semana um culto de gratidão a Deus por sua vida. A cerimônia foi organizada pelos fiéis das Igrejas Batista Comunhão e da Graça do bairro Santos Dumont, também em Vila Velha.

Para evitar aglomerações, os irmãos se reuniram em pequeno número na calçada da residência de dona Idalina. Usando máscara e obedecendo o distanciamento, o grupo um grupo orou em agradecimento pela recuperação da idosa.