Máscara traduz até 8 idiomas Japoneses descobriram que as máscaras podem ir além da proteção contra a infecção pelo coronavírus. A startup japonesa Donut Robotics desenvolveu uma máscara inteligente que se conecta via Bluetooth a um aplicativo no celular capaz de traduzir a fala para até oito idiomas, escrever mensagens de texto através de comando de voz e fazer ligações. A C-mask deve ser utilizada por cima de máscaras convencionais para ser eficaz na prevenção contra o vírus.

A tecnologia foi adaptada em um mês a partir do software criado por um dos engenheiros da empresa, Shunsuke Fujibayashi. O projeto inicial permitia interpretar a fala mapeando os músculos do rosto.

A ideia da adaptação surgiu quando a startup precisou reinventar o negócio para superar a crise após fechar um contrato de robôs guias e tradutores com o aeroporto Heneda em Tóquio, que foi inviabilizado com a diminuição da demanda pelo transporte aéreo.

A empresa espera colocar 5 mil máscaras inteligentes no mercado japonês em setembro. Estados Unidos e países europeus já demonstraram interesse na compra da tecnologia, que deve custar cerca de US$ 40 a unidade.