Cassiane sofre críticas por defender oração em clipe sobre violência doméstica A cantora Cassiane se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais nos últimos, depois que lançou seu mais recente videoclipe, da música A Voz.

O clipe retrata a história de uma mulher que sofre violência doméstica do marido e, após abandoná-lo, ela deixa uma carta dentro de uma bíblia dizendo que o perdoou. Em nenhum momento o vídeo deixa claro que a vítima denuncia o marido à polícia, embora a descrição no YouTube traga a mensagem “DISQUE 180 para denunciar violência contra a mulher”. A mulher se afasta, ora pelo marido e, no final da história, os dois terminam o clipe fazendo as pazes quando o marido aparece com a mão na Bíblia.

"Reconheça a voz de Deus. Deixa ela estremecer o seu coração. O timbre santo do Senhor há de te curar, pois Ele é a voz que restaura a vida. Oro por você. Perdoo você", diz o bilhete lido pelo agressor no vídeo.

Foi difícil para os seguidores de Cassiane entenderem que o clipe mostra que é preciso se afastar de um abusador o quanto antes para que a situação não se agrave, mas tendo fé que a oração é capaz de mover situações e fazer com que Deus transforme maldição em bênção.

No YouTube oficial da cantora, o clipe vem sendo alvo de uma enxurrada de críticas, com mais de 22 mil dislikes, quase três vezes o número de curtidas, que estão em pouco mais de 8 mil.

"Agressão se resolve na delegacia, não na igreja. Denuncie", criticou uma internauta.

“Vindo só para dar dislike. Violência doméstica? Aqui não! Passar pano para agressor? Aqui também não", condenou outra moça.

"Ore pelo seu agressor, mas primeiro coloque ele na cadeia", "clipe denunciado: em caso de violência, não ore, chame a polícia" e "esse clipe é um absurdo, muitas mulheres não conseguem ter tempo de orar porque são mortas antes.

Mas Cassiane também passou a receber o apoio de amigos, como da cantora Elaine de Jesus.

“Te amamos, Cassi. Não aceitamos palavras maldosas contra sua vida. Respeitamos a unção de Deus sobre você”, comentou Elaine.