Publicidade

Polícia descarta hipótese de suicídio de atriz que desapareceu em lago

A polícia americana descartou a hipótese de suicídio da atriz Naya Rivera, 33 anos. Conhecida por estrelar seis temporadas de Glee como a líder de torcida Santana Lopez, Naya está desaparecida desde a noite de quarta-feira (8). O último local em que ela esteve foi um lago na Califórnia, onde seu filho foi encontrado sozinho, em um barco, após a mãe ter saído para nadar.

Para o sargento da polícia Kevin Donoghue o desaparecimento de Naya parece ser um acidente trágico: "Interrogamos o filho dela (Joey, 4 anos) e não apuramos nada que sugerisse que isso era suicídio. Tudo o que sabemos até agora leva que tenha sido algum tipo de acidente na água", disse em entrevista ao site da revista People.

Donoghue ressaltou que a polícia segue investigando o desaparecimento e tentando descobrir pistas. Mas que, até o momento, não há muita informação que ajudem a esclarecer o caso. O menino foi encontrado usando colete salva-vidas, mas não ficou claro que ele foi deixado pela mãe dentro do barco ou se chegou até ele sozinho.

As autoridades tratam o caso como um possível afogamento e, desde quinta-feira (9), transformaram a missão de resgate em uma busca pelo corpo da atriz, por causa da pequena probabilidade de ela ainda estar viva. Em coletiva à imprensa na última sexta (10), as autoridades declararam que passaram a usar um sonar para escanear o lago.

Série é acusada de ser amaldiçoada

O sumiço de Naya, que é considerada morta pela polícia, se juntou à lista de tragédias e polêmicas envolvendo o elenco da série, exibida entre 2009 e 2015. Além da morte de dois protagonistas - Cory Monteith, de overdose, e Mark Sailing, que se suicidou após se declarar culpado por posse de pornografia infantil -, há ainda acusações de racismo, bullying e pedofilia envolvendo a produção de Ryan Murphy.

Desespero da mãe

Uma imagem emocionante está circulando nas redes sociais. No último sábado (11), Yolanda Rivera, mãe de Naya Rivera, ajoelhou e ergueu as mãos aos céus nas margens do lago da Califórnia, onde a filha desapareceu.

Em seguida, a mãe e o irmão da atriz vestiram coletes salva-vidas e embarcaram para ajudar na busca pelo corpo. Os policiais continuaram vasculhando a água em busca de Rivera, mostrando imagens das águas turvas e impenetráveis onde se acredita que ela tenha desaparecido.