Nova série da Netflix tem personagem transgênero de 9 anos Uma garota transexual de 9 anos do Texas está interpretando uma personagem transexual em uma nova série da Netflix - uma adaptação do programa dos anos 90 "The Baby-Sitters Club" (Clube das Babás ) - que estreou no início deste mês.

A criança nasceu do sexo masculino e recebeu o nome de Joseph. Com apenas 5 anos de idade, os pais do jovem nativo do Texas insistiram que seu filho era na verdade uma garota trans e deveria ter permissão para usar o banheiro das meninas. Joseph agora se identifica como mulher e se chama Kai Shappley.

Os pais de Shappley chamaram a atenção em 2016, quando entraram em uma briga legal com o Distrito Escolar Independente de Pearland, cujos funcionários disseram aos Shappley que seu filho precisaria usar o banheiro dos meninos, as instalações que combinavam com o sexo biológico de seus filhos, informou a KRIV-TV.

Embora as autoridades do ISD de Pearland tenham oferecido a Kai o banheiro neutro em termos de gênero, isso não foi satisfatório para os Shappleys. Por fim, a família se aproximou de Austin, onde os pais acreditavam que o desejo de Kai de usar o banheiro das meninas era mais provável de ser aprovado.

Os pais de Kai dizem que seu filho começou a afirmar ser uma menina aos 2 ou 3 anos de idade.

Agora com quase 10 anos, a jovem Shappley está interpretando "Bailey", uma personagem feminina trans, na série Netflix baseada na popular série de livros "The Baby-Sitters Club".

Kimberly Shappley, mãe de Kai, identifica-se como "uma seguidora de Jesus" e falou sobre como sua fé cristã e sua política conservadora coexistem com sua visão sobre o transgenerismo.

"Recebi uma mensagem no Facebook de alguém em Los Angeles de que havia uma vaga para uma garota trans no 'Baby-Sitters Club' e eles perguntaram se ela queria fazer o papel de Bailey", disse Kimberly à KPRC-TV.

A família então voou para Vancouver uma semana depois para filmar a parte de Kai no programa.