Bolsonaro lamenta morte de pastor Sebastião Rodrigues em nota oficial O presidente Jair Bolsonaro emitiu uma nota oficial na qual lamenta a morte do pastor Sebastião Rodrigues de Souza, de 89 anos, presidente da Igreja Assembleia de Deus de Mato Grosso. O pastor foi vítima de Covid-19. Ele morreu cinco dias depois do filho, o também pastor assembleiano, Rubens Siro de Souza, de 68 anos. A mulher de Sebastião, pastora Nilda de Paula, de 90 anos, também teve Covid-19, mas foi curada e teve alta médica na terça-feira (7).

Leia a nota publicada pelo Palácio do Planalto:

“No Salmo 116:15 lemos que “Preciosa é à vista do SENHOR a morte dos seus santos.”

Hoje mais uma vez isto ocorreu com a partida para o Senhor do saudoso pastor Sebastião Rodrigues da Igreja Assembléia de Deus! A terra perde valoroso obreiro, mas o Senhor abraça um filho que venceu!

Meus sinceros sentimentos a toda comunidade cristã e à família do querido pastor Sebastião!
Oremos pelo conforto do Senhor na vida dos familiares!

Em Cristo,
Jair Messias Bolsonaro
Presidente da República Federativa do Brasil”

Centenas de familiares, amigos e fiéis participaram do funeral do pastor Sebastião, na tarde de ontem (8), em Cuiabá.

Além dos presentes no cemitério, o último adeus ao pastor Sebastião foi acompanhado por milhares de pessoas por meio das redes sociais.
 
Uma transmissão pelo Facebook da União de Mocidade das Assembleias de Deus de Cuiabá e Região (Umadecre) chegou a ter mais de 4,7 mil pessoas simultaneamente.