Cristãos tentam boicotar filme com filha de Michael Jackson Uma petição da Christian Film & Television Commission , uma organização sem fins lucrativos dedicada a resgatar os valores da mídia de massa nos EUA, colhe assinaturas para que o filme “Hábito” tenha seu lançamento impedido. Segundo o documento, a obra produzida em Hollywood apresenta “blasfemas” representações de Jesus Cristo.

“Hollywood está prestes a lançar mais um filme ultrajante e blasfemo com Jesus Cristo. Desta vez, retratando Cristo como uma mulher que se envolve em uma infinidade de atos inapropriados e obscenos, ao mesmo tempo em que também serve como papel romântico para a principal personagem feminina”, diz  a petição , que já tem cerca de 150 mil assinaturas. 

O filme é estrelado por Paris Jackson, filha do falecido cantor pop Michael Jackson. A atriz interpreta uma “garota festeira lésbica com um fetiche de Jesus que se envolve em um violento negócio de drogas e descobre uma possível saída se disfarçando de freira”,  diz sua sinopse. 

Ted Baehr, fundador da Movieguide e da Christian Film & Television Commission disse que o filme ultrapassa todos os limites.

“Geralmente, gostamos que o público seja o juiz. Apresentamos a eles informações e queremos que eles julguem se vale a pena para a família”, disse Baehr em entrevista ao The Christian Post na quarta-feira (24).

“Temos algumas linhas que ninguém na indústria do entretenimento deve cruzar e essa é a nossa opinião. Esta é uma linha que não deve ser cruzada. A mesma linha que não deve ser cruzada para filmes com pedofilia e a linha de blasfêmia, que é exatamente o que é isso ”, afirmou. 
“É demoníaco para as pessoas de fé escreverem um filme e estrelarem um filme que trai ativamente o Deus e o Criador do universo como algo perverso, degradado, algo que está seduzindo os jovens. É simplesmente mau”, disse Baeher.