Publicidade

Bolsonaro confirma mais três parcelas do auxílio emergencial O presidente Jair Bolsonaro confirmou, nessa quinta-feira (25), que o governo vai pagar mais três parcelas do auxílio emergencial no intervalo de dois meses.

A declaração sobre o complemento do auxílio foi feita durante uma transmissão ao vivo na internet. O ministro da Economia, Paulo Guedes, também participou e disse que, só em benefícios sociais, o governo federal prevê pagar cerca de R$ 150 bilhões durante a pandemia. E disse que na próxima segunda-feira (29) começa a liberação emergencial do FGTS.

Sobre o desempenho da economia brasileira durante a crise, Paulo Guedes disse estar otimista e avaliou que ainda é cedo para projetar como o país vai encerrar este ano.




*Agência Brasil