Publicidade

Joyce Meyer relembra batismo do pai que abusou sexualmente dela Uma das mais populares pregadoras de todo o mundo, a norte-americana Joyce Meyer revelou neste domingo (21) em seu Instagram a foto do momento em que batizou o próprio pai, o homem que abusou sexualmente dela durante toda a sua infância e adolescência. Ela usou a publicação para falar sobre o Dia dos Pais, comemorado no terceiro domingo de junho nos Estados Unidos e em vários outros países.

“Se você orou por seu pai, não desista! Essa foto do meu pai sendo batizado é um milagre e espero que incentive o seu pai a acreditar que com Deus tudo é possível”, escreveu Joyce.

Ela seguiu seu relato dizendo que o Dia dos Pais nunca foi um bom dia para ela.

“Como meu pai abusou sexualmente de mim durante anos, passei muito tempo brava e amargurada. Mas, com a ajuda amorosa de Deus, aos poucos cheguei à conclusão de que precisava fazer uma escolha para perdoá-lo, mesmo que parecesse impossível”, prossegue.

A autora de mais de 90 livros revelou que nunca teve um relacionamento próximo com seu pai, mas foi capaz de perdoa-lo.

“Antes de sua morte, fui abençoada por levá-lo a aceitar a Jesus como seu Salvador e tive o privilégio de batizá-lo. Embora Satanás tenha roubado o que deveria ter sido um relacionamento amoroso normal entre pai e filha, Deus trouxe restauração e cura”, comemora Joyce.

A autora de livros de grande sucesso sobre cura da alma e traumas de infância diz que Deus pode fazer o mesmo por todos nós.

“Sei que o Dia dos Pais pode ser um dia difícil para muitos de vocês e entendo como você se sente. Mas também vi Deus se mover de grandes maneiras em minha vida e na vida de meu pai. Então continue orando e saiba que eu estou orando com você”, concluiu.

Como uma das líderes evangélicas mais influentes dos Estados Unidos, Joyce Meyer fundou seu próprio ministério, em 1985, inicialmente intitulado “A Vida na Palavra”. A Igreja tornou-se uma das principais da região. Mayer começou a se apresentar diariamente em um programa de rádio durante 15 minutos. Depois, o programa passou a ser transmitido em mais seis estações de Chicago.

Em 1993, por sugestão de seu marido, Mayer começou um ministério na Televisão denominado “Enjoying Everyday Life”.  Ela também publica uma revista com o mesmo título do programa da TV.

Joyce Meyer que se considera professora da Bíblia, tem estabelecimentos no Brasil, Canadá, Austrália, Estados Unidos, Índia, Inglaterra, Rússia e África do Sul, onde oferece ajuda espiritual para os fieis que estão em locais hostis e auxilia em trabalhos sociais.

Joyce também se juntou a um grupo de jovens com o objetivo de fazer doações de alimentos aos mais necessitados. Esses trabalhos são realizados em orfanatos, e cadeias, onde faz doação de kits de higiene aos presos.