Publicidade

Fiscais detectam irregularidades em shoppings reabertos no Rio Uma semana depois da liberação do funcionamento de shoppings, a Vigilância Sanitária do município do Rio de Janeiro ainda encontrou diversos estabelecimentos que não estão respeitando a lotação máxima de um terço da capacidade. As irregularidades foram constatadas após vistoria para verificar se esses locais estão cumprindo as medidas definidas pelo poder público para a abertura segura e gradual das atividades econômicas.

Desde a reabertura, seis grupos formados por equipes da Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Ordem Pública, Guarda Municipal e Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização da Secretaria Municipal de Fazenda percorrem shoppings para verificar o cumprimento das normas higiênico-sanitárias e reforçar orientações, como explica o superintendente de Educação e Projetos da Vigilância Sanitária, médico-veterinário Flávio Graça.

Ainda de acordo com o especialista, o trabalho será contínuo e também monitora o comércio de rua, ainda não autorizado a abrir. Flávio explica que o maior obstáculo para o cumprimento das regras de funcionamento é o comprometimento de toda a população.

Entre os preceitos que regem as chamadas regras de ouro estão o distanciamento de dois metros entre as pessoas; o uso de álcool em gel e máscaras; a limpeza e manutenção do ar-condicionado; liberação de apenas um terço do estacionamento e a entrada de animais somente em lojas pets para atendimento.