Publicidade

Shoppings do Rio ficaram lotados no primeiro dia de flexibilização

Os shoppings voltaram a funcionar no Rio de Janeiro, na véspera do Dia dos Namorados, uma das datas mais importantes e lucrativas para o comércio. Porém, as lojas devem seguir uma série de normas essenciais e obrigatórias estabelecidas pela prefeitura para a reabertura dos centros comerciais, as chamadas regras de ouro. Todos pareciam prontos, mas as filas na entrada dos estabelecimentos no primeiro dia de abertura foram inevitáveis. Após quase três meses se shoppings, o carioca correu para fazer compras neste feriado de Corpus Christ.

O funcionamento durante a transição para a normalidade ficou reduzido das 12h às 20h. A capacidade não pode passar de um terço dos frequentadores, o que também vale para os estacionamentos.

As regras incluem ainda o distanciamento de 2 metros entre as pessoas; o uso de álcool em gel e de máscaras; a limpeza e manutenção do ar-condicionado; e medição de temperatura na porta de entrada. Os restaurantes podem operar com serviços de delivery, take away ou drive thru. As praças de alimentação e as áreas de lazer, festas e games permanecem fechadas.

Em nota, os shoppings da Aliance Sonae no Rio de Janeiro, a maior operadora do setor no país, e que administra os shoppings Bangu, Carioca, Passeio, Shopping Leblon, Recreio Shopping, Santa Cruz Shopping e Via Parque, informa que já está seguindo os protocolos de segurança.

A volta do funcionamento dos shoppings estava prevista na segunda etapa do Plano de Retorno das Atividades da Prefeitura, que seria na semana que vem.

Mas o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, disse que a antecipação ocorreu após encontro com representantes de shoppings da capital, após avaliações do comitê médico e científico que assessora a prefeitura, de que houve queda na curva de contágio da Covid-19 e que a oferta de número de leitos está maior que a demanda de pacientes. O prefeito alertou, no entanto, que pessoas com comorbidades, em risco e idosos, não poderão trabalhar nem devem sair de casa.

 



Lojas autuadas

 



Fiscais da Prefeitura do Rio interditaram e aplicaram multas em lojas de shoppings  que descumpriram, ontem, as medidas de segurança determinadas para reabertura gradual das atividades econômicas na cidade.



Segundo a prefeitura, o Norte Shopping, na zona norte, teve três lojas fechadas e o Bangu Shopping, na zona oeste, teve quatro estabelecimentos interditados. As lojas também foram multadas em R$ 13 mil , por registrarem aglomerações e não fazerem a higienização com frequência.