Pastor Silmar Coelho dá dicas aos casais em tempos de isolamento social

A convivência entre casais durante a pandemia do novo coronavírus tem sido um grande desafio, tanto para aqueles  que são namorados ou noivos e estão sem o contato físico, quanto para aqueles que são casados e agora se veem em uma rotina mais próxima. A busca por meios que minimizem os impactos desse afastamento forçado ou da aproximação exagerada exige criatividade e outros detalhes a mais que o doutor em Teologia e Liderança pela Universidade Oral Roberts (EUA), psicólogo, economista e escritor Silmar Coelho dá aos leitores do Melodia News. Do alto dos seus 45 anos de casamento com Janice Coelho, Dr. Silmar Coelho é um especialista em relacionamentos.

Por causa da quarentena, há relatos de aumento no número de divórcios em vários países. Como passar mais tempo com o cônjuge dentro de casa, sem muitas opções de lazer, e não prejudicar o casamento?

Dr. Silmar Coelho: A quarentena não criou problemas relacionais, espirituais, emocionais ou financeiros, apenas revelou os que já existiam. Quem está tendo problemas, já os tinha;  eles estão maximizados pela doença e pelo medo.

O senhor tem inúmeras publicações voltadas para casais. Todas à luz da Bíblia. O que os casais forçados ao afastamento podem tomar de lição neste Dia dos Namorados?

Eu deixo sete dicas importantes: evitem gastos desnecessários; pratiquem o diálogo sem ira; procurem manter a calma; sejam criativos; revitalizem o amor; não deixem de orar e olhem para o futuro.

Em suas mensagens o senhor sempre cita sua esposa, Janice Coelho. Parecem eternamente apaixonados. Como é viver um grande amor durante 45 anos?

Com o passar dos anos, noto as primeiras rugas surgindo ao redor dos seus olhos negros - mas a maneira apaixonada que a vejo continua a mesma. Agora, ela ainda me parece mais linda. O passar do tempo pode corroer sua mocidade, não o amor que se tornou forte e maduro com as dificuldades. 

Salomão disse em Eclesiastes que “há tempo de abraçar e tempo de se afastar”. Poderíamos tomar esta palavra para este tempo, ou ela seria só para o contexto daquela época?

A Palavra é sempre atual. Mas o afastamento me tornou ainda mais próximo das pessoas que amo. Aproveito este momento para ligar para todos os membros da igreja (Metodista Wesleyana de Parque Vitória – SP); fazer cultos online; lives; plantão com os pastores para sossegar os apavorados; ou ceia presencial e drive thru; uso motociclistas para buscar dízimos e ofertas dos que não podem comparecer; oro individualmente com cada membro; faço reuniões de casais, jovens, líderes e outros grupos por videoconferência. 

As redes sociais são de fato hoje a melhor ferramenta de comunicação para os casais que estão afastados? Quais os cuidados a serem tomados?

É preciso saber usá-las com sabedoria. Comunique, não complique.  Aproxime, não afaste-se. Compreenda, não discuta. Não use a Bíblia como marreta. Seja criterioso no que lê, resposta e posts.



Contatos

Você pode conferir mais dicas do pastor Silmar Coelho no Instagram @silmarcoelho, pelo WhatsApp: (12) 93020-8555 ou no site  www.silmarcoelho.com.br.