Bolsonaro revoga decreto das armas

O presidente Jair Bolsonaro vai revogar o decreto que flexibilizava a posse e o porte de armas. O projeto já havia sido derrubado no Senado em votação na semana passada. A informação foi divulgada pelo site O Antagonista.



Segundo o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, o governo pretende fazer um novo decreto, mas sem alguns pontos que levantaram polêmica no anterior.



A intenção da gestão Bolsonaro é fazer com que essa nova proposta corra com urgência no Congresso.



Agora, o presidente publicará, em edição extra do Diário Oficial, novos atos sobre o tema.



O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que o governo compreendeu que o melhor caminho é encaminhar um projeto de lei sobre a flexibilização do porte e da posse para o Congresso.