Neymar aparece na lista de pedidos de auxílio emergencial

Em tempos de auxílio emergencial é preciso muita atenção para não ter os dados pessoais usados por fraudadores interessados em receber os R$ 600,00 no seu lugar. Com o CPF e demais dados do Neymar, uma pessoa requisitou ao governo federal o auxílio emergencial no nome do atacante do PSG. A ajuda foi aprovada e liberada para crédito, mas o status atual é de está “em avaliação” por “indícios de desconformidades”, claro.



A assessoria do jogador negou que ele tenha pedido o auxílio. A ajuda de R$ 600 foi aprovada pelo governo e é destinada a trabalhadores informais, desempregados, contribuintes individuais do INSS e MEIs (Micro Empreendedor Individual) impactados com a crise financeira imposta pela pandemia do novo coronavírus.



Em nota, o Ministério da Cidadania, responsável pela gestão do programa emergencial, diz que tem trabalhado em conjunto com outros órgãos para combater as fraudes.



A pasta orienta a população a conferir as condições do CPF no site www.dataprev.com. Caso o site registre pedido de auxílio sem que o dono do CPF tenha feito a solicitação, é possível denunciar a fraude.



O canal para registro de denúncias de fraudes é o sistema Fala.Br (Plataforma integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação da CGU). Ou pelos telefones 121 ou 0800 – 7070 – 2003.