Flordelis presta depoimento como testemunha Apesar de ter a prerrogativa de escolher o dia e local para prestar depoimento, pois é uma parlamentar, a deputada federal Flordelis decidiu aceitar o convite nos termos formulados pela polícia. Ela chegou, às 12h30 desta segunda-feira (24), na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) para prestar depoimento como testemunha do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo.

Alguns filhos da parlamentar também são ouvidos na unidade policial nesta segunda. Pouco antes das 11h, pelo menos 10 pessoas, entre filhos da deputada e outras pessoas que podem ser ouvidas como testemunhas, já estavam na delegacia.

Flordelis pretende conceder uma entrevista coletiva aos jornalistas nessa terça-feira (25), na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Em declaração postada em uma rede social, a também cantora e pastora afirmou que não acredita na participação dos filhos no crime. E alegou que “acusações não são suficientes para condenar". Segundo Flordelis, coração de mãe dá direito à esperança.