Fiéis poderão reservar lugar em igreja por aplicativo

Aos poucos os italianos retomam suas atividades, após passarem por um doloroso pico nesta pandemia de coronavírus. As igrejas são alguns dos locais que têm permissão para reabrir suas portas. Mas como há restrições de distanciamento, não poderão comportar o mesmo número de fiéis que antes. Por isso, a prefeitura da cidade de Ales, na região da Sardenha, lançou um aplicativo para que as pessoas possam reservar com antecedência um local no templo para assistir ao culto ou à missa.



A cidade tem pouco mais de 1,3 mil habitantes, na província de Oristano. Em meio à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), o sistema pode ajudar a prefeitura local para administrar a chamada fase 2 do combate contra a Covid-19, que envolve a reabertura das igrejas.



Os fiéis podem se cadastrar de graça no aplicativo e retirar o código que garante a entrada e o assento. As igrejas que optarem por usar o aplicativo devem indicar a localização do templo, os lugares disponíveis e o horário de funcionamento. A partir daí, os fiéis estarão livres para reservar seu lugar e definir o horário que vão comparecer à cerimônia.



Todo o procedimento é anônimo e respeita os direitos à privacidade. O acesso à igreja pode ser confirmado no local através da verificação de um QR Code no telefone dos fiéis.



"Os fiéis poderão consultar as leituras, músicas e o folheto semanal de sua igreja acessando o aplicativo. Além disso, o líder religioso poderá usar notificações para enviar comunicações a todos os fiéis. Em resumo, tudo está ao seu alcance", informaram os desenvolvedores do app.