Frente fria do Sul leva frio para quase todo o Brasil até 1º de junho A frente fria que se formou no último dia 22 entre o Uruguai e o Rio Grande do Sul trouxe chuvas nos últimos dias e derrubou as temperaturas em parte do Centro Sul do Brasil até o sul da Região Norte.

No Sul do país, depois das chuvas vieram as geadas, que provocaram impactos para a agricultura. As temperaturas ficaram próximas a zero grau em grande parte da Região Sul.

E a previsão de chuva entre o dia 26 de maio e 1º de junho continua. Nesse período, o Instituto Nacional de Meteorologia indica que os maiores acumulados de chuva devem ocorrer especialmente na faixa norte do Brasil. Na Região Norte, vai chover de maneira mais concentrada no Amazonas, Roraima, Pará, Amapá, norte de Tocantins e ainda no sul do Maranhão.

Há previsão de chuva em praticamente toda a Região Nordeste: Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba e Pernambuco.

Há também previsão de chuva no Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais e Goiás. Em Mato Grosso, os acumulados não devem ultrapassar os 10 mm.

Não há previsão de chuva para a Região Sul e também para os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul durante essa semana.