Novos single e curta-metragem de Raony Farsura trazem mensagem para este tempo

Deus prepara os seus profetas para, no seu tempo, falar ao seu povo, levar a sua mensagem de uma forma que só Ele sabe. Quando começou a produzir seu segundo trabalho, o curta-metragem “Morte e vida, um encontro real com Deus 2” e o single “Me prostro aos teus pés”, Raony Farsura não sabia que esta mensagem falaria de forma tão incisiva a um mundo que passa pela aflição de uma pandemia. Deus decidiu usar o cantor e ator, que na infância foi liberto da Síndrome do Pânico, para mostrar aos seus filhos a necessidade de uma comunhão mais intensa com Ele, de sair do raso e imergir no evangelho.

O curta traz imagens do Píer de Rio das Ostras e também há cenas gravadas em Carmo/RJ, cidade de Raony. Um roteiro construído pelo próprio Raony em parceria com Christiano Andrade a partir da realidade de muitos. O estúdio de gravação foi do amigo e instrumentista Lucas Bertolozo. A gravação ao vivo aconteceu na Igreja Pentecostal Aliança com Deus, na qual ele é pastor auxiliar de seu pai, pastor Santos Farsura, presidente do ministério. Christiano Andrade, da Authorar Filmes, assinou a produção e a direção deste trabalho. Raony assumiu também a produção executiva do projeto que ele conta com mais detalhes ao Melodia News.

O que motivou a produção deste novo trabalho?

Raony Farsura: Agradeço ao meu Pai eterno, Jesus, por me fazer conhecer e experimentar do seu amor todos os dias de minha vida e me dar uma identidade e o privilégio de testemunhar e cumprir seu propósito com temor, excelência e verdade a todo mundo. Meu testemunho na canção "Chegou a minha vez", na qual tive um encontro real e um despertar para o ministério, além da alegria de ser agraciado com um prêmio “Melhor Clipe Musical” na 7ª. edição do Festival Internacional de Cinema Cristão – FICC, retrata uma fase  Com todas as forças me entreguei à missão. Mas assim como Jesus viveu grandes desafios, deparei-me com muitas perseguições, batalhas emocionais e espirituais, crises interiores terríveis, julgamentos, humilhações, invejas, religiosidade, todo tipo de ação contrária para tentar me impedir. Mas quando se tem um Pai, se tem alguém por você que te justifica e que lhe mostra como vencer. Alguém que não julga, mas ama e ensina. Ele me mostrou o caminho, a sua presença, onde todos os dias posso correr para os seus braços e me renovar, beber da sua fonte de água viva e me fortalecer para prosseguir de cabeça erguida, sabendo de onde vim e para onde vou.

O formato curta-metragem surgiu mais uma vez na direção espontânea do Espírito Santo, onde na produção do clipe observamos a necessidade da conscientização pós-encontro com Deus, dos desafios no ministério e vida cristã que nos deparamos no caminho e, com isso, a necessidade de ir ao Trono da Graça, presença de Deus, constantemente ao longo da vida. Deus disse que no mundo teríamos aflições, mas que deveríamos ter bom ânimo pois Ele venceu e nos venceríamos se estivéssemos com Ele. Deus nos dá consciência que não será fácil, mas também nos revela o caminho para a fonte que nos alimenta a prosseguir e vencer. Demonstrar essa visão com mais detalhes se encaixaria neste formato. Entendo que nestes dias Deus está nos usando com todos os nossos talentos, aptidões e técnicas para transmitir a mensagem do Evangelho a todos os grupos e esferas da sociedade.

Este trabalho foi produzido antes da pandemia? Acredita que foi direcionamento de Deus?

Sim. Foi produzido alguns meses antes do vírus chegar ao nosso país. A palavra de Deus diz que há um tempo e moda para todas as coisas. E mais: “Certamente o Senhor Soberano não faz coisa alguma sem revelar o seu plano aos seus servos, os profetas”. (Amós 3:7). Eu acredito no propósito. Deus sabe de todas as coisas e essa conscientização de estar diante do Trono da Graça em todo tempo se faz necessária e imprescindível em todos os momentos da vida e principalmente no período pelo qual passamos. É tempo de se levantar e provar do poder do seu Deus. Não há como confiar naquilo que você não conhece, não experimentou. É tempo de crescimento espiritual e de manifestar  nesta Terra a autoridade dada do Céu. A igreja nesse cenário deve aparecer de forma profética, mostrando o Deus que serve, em amor, autoridade, justiça e fé. 

E adiante deste teremos também finalizando essa sequencia de curtas (trilogia “Encontro com Deus”, “Percurso com Deus, uma canção linda com título “Eu não sou daqui’’ já esta disponível nas principais plataformas digitais, com uma mensagem impactante sobre identidade de filho de Deus e vinda de Jesus, santificação e salvação, com participação dos meus grandes amigos André e Felipe. Já produzimos e está de tirar o fôlego. Em breve lançaremos. Fiquem ligados.

Qual a mensagem que este curta traz à igreja neste tempo?

Temos vivido dias difíceis e trabalhosos. A palavra de Deus está se cumprindo em cada detalhe. Vimos a necessidade de despertar a igreja do Senhor, a fé e a adoração que devem permanecer constantes, principalmente agora. Vemos um evangelho no qual as pessoas querem fugir da dor e das lutas. Mas isso não foi o que Jesus nos disse. Ele nos disse que em todas essas coisas poderíamos vencer Nele, que nos fortalece, ou seja, é necessário passar pelos desafios da vida, lutar para crescer e amadurecer o caráter de filho de Deus. O mal se vence resistindo. Vemos o exemplo do povo de Israel. Eles não foram tirados do Egito antes que a praga se instaurasse, mas depois e porque Deus queria mostrar seu poder, mostrar que sobre seus filhos praga alguma alcançaria, pois onde havia a marca do sangue do cordeiro o mal não chegaria. Com isso estavam aprendendo a confiar e conhecendo o poder de Deus. A mensagem é essa: teremos lutas, batalhas, guerras internas e externas. Mas só poderemos vencer se tivermos diante dos pés Dele, adorando-o (ato de obediência e reverência à sua Palavra) e se fortalecendo, saindo de um evangelho raso e momentâneo. Mostramos neste curta que a consciência de voltar ao local de encontro e se humilhar, se entregar é o primeiro passo para sair e vencer o desespero e a dor. O píer no vídeo tem um propósito e uma conjectura do ato de sair das águas rasas e ir mais profundo ao encontro com Ele, e não mais como uma mente na dor, mas no autor da vida, e um anseio por sua presença e renovo. Isso nos faz passar por todas as lutas, inclusive por essa pandemia, com o coração cheio de esperança e fé. Com a certeza de que sairemos vitoriosos para testemunhar da glória de Deus.

Qual foi o seu papel nesta produção?

A palavra de Deus diz: “Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens. Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração. (2Coríntios 3:2,3). O nosso papel é revelar Jesus em tudo. Estar em uma produção como esta é uma grande responsabilidade. Eu procuro sempre junto aos  profissionais de áudio e vídeo e eles  me conhecem e tem essa paciência comigo. Gosto de acompanhar cada fase da produção, não por duvidar da técnica e profissionalismo, jamais, mas porque gosto de testificar segundo o que recebi na direção de Deus. Isso faz toda a diferença e minha equipe tem essa liberdade. Com isso, o trabalho sai com maior excelência, satisfação e mais próximo à revelação dada por Deus . Participo da pré e da pós  produção, tanto de áudio como de vídeo.

Além de cantor, pretende também se destacar como ator e roteirista?

Há 10 anos, no início do meu ministério, eu era uma pessoa muito introvertida e estava no começo da faculdade de Direito. Tinha muita dificuldade com isso.  E para tentar vencer esta introversão entrei no curso de teatro, o que me ajudou muito e somou diretamente ao meu ministério e vida. Antes muitos não entendiam o porquê, mas aprendi algo na palavra de Deus, em Eclesiastes 9:10, “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças”. E em João 13:7, “Respondeu Jesus: Você não compreende agora o que estou lhe fazendo; mais tarde, porém, entenderá”. Naquele tempo Deus já estava me preparando para algo que estava por vir. Nunca tive a pretensão de seguir carreira de ator, até mesmo porque aos olhos humanos isso seria impossível, pois quando criança vivi grande desafios na alfabetização devido por conta de uma síndrome do pânico, algo terrível que machucava. Mas foi o período em que eu e meus pais conhecemos o poder de Deus; quando superei e venci Nele. São muitos milagres onde vemos um ministério totalmente guiado e direcionado por Deus. Estou gostando muito de interpretar, inclusive sendo  minha própria história. Buscado aprender e crescer cada dia mais para fazer com maior excelência o que vier ás minhas mãos. O roteiro desenvolvi baseado nos pós-testemunhos, encontros com Deus, e tive a ajuda do meu diretor de vídeo, Christiano. Foi bem legal. Requer um estudo da transmissão da mensagem para que cause impacto e desperte o público a viver sua experiência com Deus.

Como espera que o público reaja a este novo trabalho?

Meu desejo e que haja um grande despertar espiritual de renovo, que leve um avivamento como nunca vimos antes de dentro para fora, que traduz em uma mudança radical de vida que revela a manifestação de Jesus na Terra por meio de seus filhos em atitude de forma profética. Que assim como eu vivi e vivo constantemente o renovo pela sua graça em sua presença. A intenção é essa, dizer que tem solução, tem saída, há esperança na presença de Deus. Você sabe o caminho é só ir até Ele, sair das águas rasas, receber do Seus óleo e toque de amor, se levantar e vencer.

Como tem se cuidado e cuidado da família?

Meu ritmo mudou e ficou ainda mais intenso na busca por Deus. Na minha casa temos tido orações e Palavra constantemente. Tenho ministrado online em minhas redes sociais, lançado vídeos e canções que ministram ao corações no canal da minha gravadora e no culto online de minha igreja (Igreja Pentecostal Aliança com Deus). Tem sido incrível o que Deus tem feito. Sinto muita  falta, como muitos pastores, das gostosas aglomerações dos cultos presenciais. Mas Deus nos tem capacitado a se reinventar para apascentar as ovelhas e alcançar muito mais almas. Temos nos surpreendido com isso. Muitos testemunhos sendo contados nas casas. Famílias inteiras se convertendo e se renovando em Deus. É lindo! Deus está no controle. Estamos vivendo um momento histórico e devemos nos mover segundo a direção do céu, porque seremos testemunhas vivas do poder Dele. É tempo de dizer: “Me prostro aos teus pés, Senhor. Eu me rendo ante a ti, Jesus”. E vencer. Aleluia! Glória a Deus!