Publicidade

Cristo Redentor terá iluminação laranja no Dia do Gari Como o Dia do Gari, sábado (16), não pode ser comemorado com um grande encontro como todos os anos, a Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Comlurb, irá celebrar a data virtualmente para homenagear esses profissionais que trabalham incessantemente pela cidade, mesmo em tempos adversos como agora. Para lembrar a data, o Cristo Redentor ganhará iluminação laranja, uma cortesia da Arquidiocese do Rio de Janeiro. A Prefeitura ainda vai veicular nos relógios eletrônicos da cidade peças em homenagem aos garis.

“Não poderíamos nunca, mesmo durante essa pandemia, deixar de homenagear nossos garis. Eles estão nas ruas trabalhando, ajudando a cidade e a população a atravessar esse momento tão difícil. Agradecemos à Arquidiocese do Rio por esse ato de generosidade de colocar o maior símbolo da cidade, o Cristo Redentor, com a cor do uniforme dos garis. Eles merecem todas as homenagens e nosso eterno agradecimento”, diz o presidente da Comlurb, Paulo Mangueira.

As ações virtuais começaram na quinta-feira (14/05) e vão até sábado, com um TBT nas redes sociais da Companhia relembrando comemorações da data em anos anteriores, quando todos podiam se reunir. Haverá vídeos “challenges” enviados pelos próprios garis, no melhor estilo Tik Tok, plataforma que está divertindo todo mundo nas redes.

A Comlurb também fez e vai postar um vídeo com as mensagens enviadas pelos fãs mirins, crianças que são admiradoras do trabalho dos garis.

A Companhia criou uma ilustração especial para a data. Além disso, celebridades que têm mais afinidade com o trabalho dos garis enviaram vídeos que serão usados na comemoração. A população pode participar da festa dando parabéns aos garis nos próprios stories marcando a Comlurb. As mensagens serão replicadas nas redes da Companhia. Para participar, basta visitar o Facebook (Comlurb – Companhia Municipal de Limpeza Urbana da Cidade do Rio de Janeiro), Instagram (@comlurbcomunica) e Twitter (@comlurbcomunica)!

E para colaborar com os trabalhos dos garis, a Comlurb lembra que todo material infectante gerado nas residências, incluindo máscaras e luvas, deve ser embalado em sacos de lixo resistentes, bem fechados, e colocado no lixo domiciliar para a coleta. Os perfurocortantes devem ser acondicionados em caixas de papelão, garrafas pet ou com muito jornal para que não machuque quem manipular os resíduos, como o gari, o porteiro ou a pessoa que está fazendo o descarte na coleta comum.