Publicidade

Saída de Jotta A da música gospel teria sido motivada por suposta homossexualidade O cantor Jotta A divulgou uma nota nesta terça-feira (12) em seu Instagram que revela a sua saída do meio gospel. Com uma indicação ao Grammy e milhares de discos vendidos, Jotta anunciou que está deixando a sua gravadora e o estilo musical por “conflitos éticos”.

Antes da decisão, Jotta A havia feito uma série de publicações que sugeriam sua suposta homossexualidade, pregando aceitação e liberdade. No entanto, toda a sequência de posts foi apagada, bem como fotos anteriores a ela.

A jovem revelação da música gospel, que por anos foi aposta do apresentador Raul Gil, diz em sua nota: “Todos que me acompanham sabem que sempre estive debaixo da cobertura Ministerial do Apóstolo José Satirio dos Santos, pessoa que considero como pai. Mas devido a minha postura profissional que implica diretamente aos princípios éticos que o mesmo preza, culminou nesta decisão, desligamento ministerial”.

Jotta recebeu mensagens de apoio de seus quase meio milhão de seguidores que agora esperam para saber quais são os projetos musicais do artista.
Leia a nota na íntegra:

“Aos meus seguidores e a quem interessar!

Olá, tudo bem?
Me chamo José Antônio, mas a maioria dos meus seguidores me conhecem como Jotta A. Todos sabem que canto desde a minha infância e todos que acompanham minha trajetória sabem que não foi nada fácil chegar até aqui. Vivi alguns altos e baixos, ganhos e perdas na minha profissão e demais áreas da minha vida, tais que considero super natural apesar de desafiadoras, mas o que importa é que sempre pude contar com o carinho de todos.

Foram inúmeras ações: Palavras de incentivos, orações, homenagens e outros. Respostas a um trabalho feito com muita dedicação e amor.

Tenho plena convicção que essa história não é só minha, ela é nossa, 'seguidores', e jamais será apagada; mesmo que sofra qualquer tipo de investida, nunca morrerá.

Eu devo isto diretamente a Deus, a minha família, a vocês seguidores, aos profissionais eximes e também aos grandes homens e mulheres de Deus, que me apoiaram direta e indiretamente e ainda me abraçam com seus conselhos e orações demonstrando o amor incondicional do Criador.

Em nome deste respeito, preciso compartilhar uma decisão que tomei em minha carreira profissional e sei que irá refletir em todas as áreas da minha vida. Nem todos irão me apoiar, mas em nome dos milhões de seguidores e amigos conquistados no segmento, eu, Antonio José 'JA', estou me desvinculando do 'mercado' gospel por motivos relevantes, diretamente ligados a minha musicalidade que carinhosamente defino como 'arte', forma de expressar a alma e tocar vidas levando amor, fé e igualdade'. Todos que me acompanham sabem que sempre estive debaixo da cobertura Ministerial do Apóstolo José Satirio dos Santos, pessoa que considero como um pai. Mas devido a minha postura profissional que implica diretamente aos princípios éticos que o mesmo preza, culminou nesta decisão, ‘desligamento ministerial’. Reforço e assumo a responsabilidade quanto a repercussão que a mesma dará, faço isto seguro e apoiado na coerência e verdade deste singular Apóstolo.

Esta renúncia ministerial tem como objetivo aclarar minha postura publicamente, da qual não tenho pretensão de causar influências doutrinais ou religiosas, deixando claro que minha profissão a partir de agora estará baseada em defender meus conceitos pessoais. Continuarei expressando através da música o que sou e o que sinto, sem desmerecer nada, nem ninguém. Apenas fazer o que amo...'CANTAR '.

Minha sincera gratidão: Obrigado a todos que estão orando pela minha vida, família e carreira; Muito obrigado a todos que amam e admiram o 'JA', José Antônio este que vos escreve.

Agradeço a todos assumindo total responsabilidade das decisões que serão tomadas a partir desta. Ressalto, que nenhuma das decisões a serem tomadas estão sobre influência de terceiros; são exclusivamente minhas!

Carinhosamente, 'JA'
Mais que um sonho, uma realização baseada simplesmente em quem sou”.