Caso de homem eletrocutado ao usar celular carregando chama a atenção para acidentes elétricos No Recife/PE, um homem morreu eletrocutado ao usar o celular enquanto carregava o aparelho na tomada. O caso aconteceu na manhã de domingo (10) e foi compartilhado no Twitter por um membro da família da vítima.

O caso chama a atenção para os riscos com a eletricidade, principalmente neste momento de contingenciamento em que mais pessoas estão em casa e há uma sobrecarga no uso de equipamentos eletrônicos.

Segundo dados da Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade, cerca de 700 pessoas morreram vítimas de choques elétricos em 2019. Dessas mortes, o motivo mais frequente foi o fio partido em algum ambiente interno do aparelho.

Com a família em casa, o uso dos dispositivos eletrônicos e aparelhos eletrodomésticos é prolongado, muitas vezes ficam ligados permanentemente e simultaneamente. Isso significa excesso de carga e pode resultar na elevação da temperatura nas instalações elétricas, o que pode provocar incêndio. Para evitar, é preciso verificar se o sistema está protegido por disjuntores.

Outro problema comum é a falta de manutenção do sistema elétrico da casa. Geralmente, fios desencapados podem provocar curto-circuito, causando faíscas que podem levar ao início do fogo, além de causarem choques.

De acordo com a fabricante Steck, especialista em materiais elétricos, a forma mais segura de se proteger dos choques é se certificar de que o quadro elétrico possui o dispositivo Interruptor Residual Diferencial, o IDR, responsável por interromper a energia ao sinal de uma fuga de corrente, como é conhecido o choque tecnicamente. Grande parte dos acidentes é causada pelos próprios moradores ao tentarem fazer pequenos reparos.

Quem tem crianças em casa sabe que os pequenos costumam ser curiosos e ignoram os perigos de algumas brincadeiras. Além deles, os mais velhos também representam um grupo de risco pela falta de reflexos ou memória prejudicada. Para evitar acidentes, assegure-se de que estão em áreas distantes de quadros elétricos e cabeamento de aparelhos. As caixas de ferramentas devem ser guardadas em locais de difícil acesso.

Uso de benjamins
O uso de benjamins e extensões não é recomendado. Se precisar, utilize um filtro de linha (chamado popularmente de régua). Também é importante não deixar computadores e celulares conectados à tomada quando não estiverem em uso ou carregando, porque isso pode causar um superaquecimento que pode levar a explosões e incêndios. Se tiver criança em casa, lembre-se de sempre retirar o carregador da tomada após carregar o celular, pois alguns modelos, quando colocados na boca, podem causar choques.