Publicidade

Alerj vai doar R$ 5 milhões à UFRJ para financiar respiradores com tecnologia brasileira

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro viveu nesta quarta-feira (06) um momento histórico, conforme relatou o deputado Fábio Silva ao Melodia News. A sessão plenária virtual aprovou o financiamento de um respirador artificial desenvolvido pela UFRJ, que aguarda apenas a liberação da Anvisa.

Cada respirador custa R$ 5 mil e a Alerj irá doar à UFRJ R$ 5 milhões para a compra de mil respiradores desenvolvidos com tecnologia brasileira.



“Hoje você não encontra um respirador por menos de 40 mil dólares, o que representa mais de 200 mil reais. Nem na China tem um respirador tão acessível. E o Brasil desenvolveu, através da UFRJ, agora em parceria com a Alerj, este respirador que custa R$ 5 mil”, informou o deputado Fábio Silva.

O projeto, de autoria de todos os 70 deputados e capitaneado pelo Presidente da Casa, deputado André Ceciliano, já havia sido aprovado em primeira discussão e agora foi aprovado em discussão única.

Agora o texto segue para sanção do governador Wilson Witzel. Solução emergencial Desenvolvido por uma equipe multidisciplinar de pesquisadores do Programa de Engenharia Biomédica da Coppe/UFRJ, os respiradores foram projetados para uso emergencial durante a pandemia. Para produzir as unidades, a UFRJ lançou na última semana uma campanha de financiamento. Os respiradores produzidos pela universidade ainda precisam da liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para testes e produção. Coordenador do projeto na Coppe/UFRJ, o professor Jurandir Nadal explica que os equipamentos serão disponibilizados diretamente para os hospitais. “O ventilador que desenvolvemos é um recurso simples e seguro, porém emergencial, que deve ser utilizado somente quando não houver um equipamento padrão disponível, como já vem acontecendo em outros países. Os ventiladores não serão comercializados, mas distribuídos para os hospitais e posteriormente doados ao Sistema Único de Saúde”, afirmou