Institutos se unem para atender gratuitamente crianças com câncer durante pandemia

Durante o tratamento oncológico é comum que o paciente sinta medo, ansiedade, tristeza. Com a chegada da Covid-19 além da vulnerabilidade aumentar, as crianças e adolescentes têm alterações em suas rotinas e são expostas a um excesso de informações que podem potencializar tais emoções.

A partir dessa percepção o Instituto Beaba (be-a-bá) criou em parceria com os institutos (cuid)AR e Entrelaços, e o apoio da SOBOPE (Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica), o SOS - Suporte Emocional para Crianças e Adolescentes em Tratamento Oncológico, uma linha telefônica exclusiva com atendimento de segunda a sexta-feira das 15h às 17h durante a pandemia, sendo também disponibilizado o WhatsApp como ferramenta para contato.

O Instituto Beaba é uma entidade sem fins lucrativos com a missão de desmistificar o câncer e informar de maneira clara, objetiva e otimista sobre a doença e seu tratamento para crianças, adolescentes e acompanhantes. Desde 2013 já impactou mais de um milhão de pessoas através de Tecnologia da Informação ativando os pacientes, engajando em seus tratamentos e promovendo qualidade de vida.

O Instituto Entrelaços se dedica ao suporte, apoio e educação relacionados a perda e ao luto. Tem como missão a desconstrução de temas tabus, como morte, luto e finitude; e como objetivo promover assistência, cuidado e educação continuada relacionados aos diversos tipos de perdas e crises.

Enquanto o Instituto (cuid)AR tem como foco a assistência em saúde, o ensino e consultoria de treinamento e implantação de equipes e serviços de Cuidados Paliativos, tendo como frente de atuação o cuidado ao sofrimento e estresse dos profissionais.

Agregando conhecimento dos três parceiros e o apoio da SOBOPE, o projeto SOS tem como intenção ofertar suporte às crianças e adolescentes em tratamento oncológico e, por conseguinte, seus familiares e acompanhantes que estão lidando com as angústias e ansiedade dos pacientes no contexto de Covid-19.

O projeto SOS é uma iniciativa voluntária e não conta com apoio financeiro, mas visa angariar fundos para sua manutenção.


Siga-nos