Coronavírus: menos infectados na Itália e ausência de óbitos na China Pela primeira vez desde o início da pandemia, a Itália tem menos infectados do que pacientes que se recuperaram da Covid-19 no mesmo período. O país registrou 2.646 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas contra 3.033 curados.

Agora, a Itália tem um total de 57.576 curados. Ao todo, 189.973 pessoas foram diagnosticadas com a doença, sendo que 106.848 casos ainda estão ativos.⁠

Apesar das boas notícias, o país também registrou mais 464 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o número total para 25.549. O número de óbitos de ontem para hoje foi maior do que o anunciado na quarta-feira (22).

China
Outra esperança vem da China. A Comissão Nacional de Saúde informou, nesta sexta-feira (24), que não registrou nenhuma morte por covid-19 em todo o país pelo nono dia consecutivo. As autoridades do órgão disseram que, até a meia-noite local (13h de quinta-feira em Brasília), o número total de mortes devido a esta doença no país permanecia em 4.632.

A comissão também disse que o número de novas infecções pelo vírus caiu pelo terceiro dia consecutivo, para seis, sendo que dois se referem a pessoas que vieram do exterior, ambos diagnosticados na cidade de Xangai. Três dos quatro restantes foram casos de transmissão local relatados no nordeste da província de Heilongjiang, onde pessoas procedentes da Rússia foram diagnosticadas com o vírus nos últimos dias, forçando o fechamento da fronteira. O outro caso foi detectado em Guangzhou.