Publicidade

Bolsonaro exonera diretor da Polícia Federal O presidente Jair Bolsonaro decidiu exonerar o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, que chegou ao cargo indicado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (24). O documento é assinado pelo presidente da República e pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

O delegado foi Superintendente da corporação no Paraná, responsável pela Lava Jato, até ser convidado pelo ministro para assumir a diretoria-geral. Até o início da manhã, o presidente ainda havia se pronunciado sobre esta demissão, portanto, não há uma justificativa clara apresentada para a troca.

Houve boatos na quinta-feira (23) de que Moro pediria demissão caso o diretor deixasse a PF, mas a informação não foi confirmada.