Publicidade

Igrejas de SC já podem realizar cultos presenciais As igrejas e demais templos religiosos já estão autorizados a reabrir ao público em Santa Catarina, depois de pouco mais de um mês com portas fechadas devido à quarentena necessária ao combate ao coronavírus. Os espaços precisarão funcionar com regras de prevenção, entre as quais ocupar no máximo 30% da capacidade da estrutura. Idosos e pessoas do grupo de risco também estão proibidos de comparecer às celebrações.

O anúncio da liberação foi feito pelo governador Carlos Moisés (PSL) na noite desta segunda-feira (20). Moisés também anunciou a volta de shoppings, centros comerciais, academias, restaurantes e atividades físicas em parques e praias, que ocorrerá a partir desta quarta-feira (22). O transporte público, as aulas presenciais e os eventos continuam suspensos em todo o Estado.

Para funcionar, os setores liberados vão precisar atender a regras de prevenção contra a Covid-19. No caso das igrejas e templos, o regulamento foi definido na portaria nº 254, publicada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) no Diário Oficial de segunda. A fiscalização ficará a cargo das equipes de vigilância sanitária e de segurança pública.

Santa Catarina estava em quarentena desde o dia 18 de março, com medidas de isolamento e distanciamento social. O Estado soma até agora 1.063 casos confirmados de coronavírus e 35 mortes provocadas pela doença, segundo a última atualização da SES.

No sábado (18), o governador Carlos Moisés afirmou que a quarentena reduziu a taxa de transmissão do coronavírus em 50% em Santa Catarina.