Publicidade

Quarentena provoca caos na África do Sul A população da África do Sul decidiu romper uma das mais rígidas políticas de isolamento do mundo. Os resultados foram lojas saqueadas e confrontos com a força de segurança.

As autoridades dispararam balas de borracha e gás lacrimogêneo para dispersar as multidões, mas líderes de comunidades locais temem que mais surtos de violência estejam iminentes.

O isolamento na África do Sul foi imposto antes mesmo do registro da primeira morte por Covid-19 no país. As medidas restritivas estão sendo impiedosamente aplicadas pelas autoridades desde então.

Tumultos foram registrados em áreas carentes da Cidade do Cabo, onde milhões estão atualmente confinados em suas casas por causa da pandemia do novo coronavírus.

Os cidadãos, que estão esperando ajuda do governo para alimentação, construíram barricadas de pneus e travaram batalhas com as autoridades.

Além da Cidade do Cabo, cenas semelhantes foram testemunhadas em Joanesburgo e Port Elizabeth, destaca o tablóide britânico The Sun.