Publicidade

Vacina contra o coronavírus deve ficar pronta em setembro, estima pesquisadora Pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, devem iniciar daqui a duas semanas, testes em humanos para uma vacina contra o coronavírus. Sarah Gilbert, professora da universidade, estima que o produto esteja pronto em setembro deste ano.

A expectativa de Sarah é a mais otimista do que a média dos especialistas, que calculam cerca de 1 ano a um ano e meio até a conclusão segura de uma vacina contra a covid-19.

Nos Estados Unidos os testes em humanos de uma vacina contra o coronavírus já começaram. A primeira dose foi aplicada em 45 adultos. A segunda deve ser aplicada na próxima semana. Mas por lá o monitoramento deve seguir até o início de 2021.

Curados
Autoridades de saúde do Brasil e do mundo ainda recomendam medidas de isolamento social e reforçam a importância de hábitos constantes de higiene no combate ao vírus. Essas atitudes, individuais e coletivas, são essenciais para o número de pessoas recuperadas ao redor do mundo cresça cada vez mais.

Segundo a Universidade Johns Hopkins, que apresenta a evolução do coronavírus em todo o mundo em tempo real, o mundo tem hoje mais de 420 mil pessoas curadas da Covid-19. O maior número de curas está justamente no país onde o vírus surgiu: a China.