Publicidade

Cristãos vivem novo avivamento durante pandemia Desde que os cultos presenciais foram suspensos para se evitar aglomerações e consequentemente possíveis transmissões de coronavírus, igrejas, pastores, cantores e cristãos em geral têm enchido as redes sociais de lives. São mensagens, entrevistas, devocionais e louvores transmitidos ao vivo no YouTube, Instagram, Facebook e outras plataformas digitais.

Recentemente, o cantor Fernandinho trocou a gravação ao vivo do seu novo DVD “Santo” por uma gravação tradicional, apenas com a presença de sua equipe, fechada ao público. Mas agora ele também resolveu aderir à live e já tem uma agendada para o próximo sábado, 11 de abril.

Direto da Itália, o missionário Fabiano Nicodemo, da Junta de Missões Mundiais, semanalmente conversa com seus seguidores através de um canal no YouTube. Impedido de seguir com igrejas abertas neste que é um dos países mais afetados pela Covid-19, o missionário rapidamente adaptou sua forma de comunicar o Evangelho.

O povo de Deus entendeu o recado de Deus para ser “socorro bem presente na hora da angústia”. Em todo o tempo é possível encontrar mensagens, devocionais e até cultos nas redes sociais.

A Igreja Batista Atitude tem mantido no meio digital uma programação de cultos ainda mais ampla que a tradicional. Há conversões pelo YouTube. O pastor Josué Valandro Jr. pede aos fiéis que apontem a câmera para um QR Code na exibido na tela e imediatamente o novo convertido é direcionado para uma página na internet onde pode preencher seus dados e assumir seu compromisso com Deus. A tecnologia também é muito usada para entrega de dízimos e ofertas nos cultos da Atitude e de outras igrejas e organizações missionárias.

Se antes os cantores gospel alcançavam pessoas nas igrejas, hoje eles chegam às casas espalhadas por todo o Brasil e no exterior. Onde tem internet e um celular, tem um cristão acessando e compartilhando conteúdos cristãos. Espera-se que este tempo de afastamento social, torne-se um tempo de uma maior aproximação com Deus.

Além de estarem mais abertas a mensagens de fé e esperança, as pessoas hoje têm mais tempo para ouvir um cristão, orar com ele e refletir sobre a mensagem da Bíblia.

Fernandinho defende que este é o tempo de a igreja buscar mais de Deus. O cantor lembrou uma mensagem dita pelo famoso pastor David Wilkerson, fundador da Igreja Times Square, em Nova Iorque.

“Vejo uma praga vindo ao mundo e os bares, igrejas e governos irão se fechar. A praga irá golpear Nova York e irá sacudi-la, como nunca aconteceu. Essa praga irá forçar cristãos a orar incessantemente até se tornarem radicais e se voltarem às suas Bíblias. E o arrependimento será o clamor dos homens de Deus nos púlpitos. E, como resultado de tudo, virá o terceiro grande despertamento que varrerá a América e o mundo”, disse David Wilkerson há 34 anos.

Fernandinho compartilhou estas palavras recentemente em suas redes sociais, pedindo que “o arrependimento seja o clamor de todos nós”.