Restaurantes Populares do Rio passam a abrir nos fins de semana A Prefeitura do Rio vai estender o funcionamento das três unidades dos restaurantes populares, que ficam em Bangu, Bonsucesso e Campo Grande para os fins de semana. Porém, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI), que gerencia as unidades, organizou um atendimento um pouco diferente para esses dias: aos sábados e domingos de 11h às 14h, os frequentadores poderão comprar quentinhas, que terão arroz, feijão, carne, salada e sobremesa, e levar para casa. Cada pessoa poderá comprar até quatro refeições por vez e o valor será o mesmo já cobrado no almoço e no jantar durante a semana: dois reais.

A iniciativa também tem o objetivo de ajudar pessoas do grupo de risco e com dificuldade de locomoção que vivem nas comunidades e devem evitar sair, como prevenção contra o coronavírus.
-Os representantes das associações de moradores poderão comprar até 100 quentinhas para entregar nas residências dessas pessoas – explica o secretário da SMDEI, Cláudio Souza.

Para isso o pedido deverá ser feito 48h antes do dia em que for ser retirado no restaurante de preferência. Vale ressaltar que para comprar mais de 100 refeições a associação de moradores deverá fazer um cadastro junto à secretaria, por meio do email: restaurantepopularsmdei@gmail.com

Restaurantes Populares passaram a servir jantar
Como medida para ajudar principalmente, trabalhadores autônomos, que estão tendo sua renda comprometida por conta da quarentena. Desde o dia 25/03 os restaurantes populares de Bangu, Bonsucesso e Campo Grande passaram a abrir de 17h às 20h, para o jantar.

As três unidades municipalizadas, que são gerenciadas pela Secretaria de Desenvolvimento, Emprego e Inovação, oferecem a refeição a 2 reais.

Medidas contra o coronavírus
Os funcionários dos restaurantes estão controlando a distância das pessoas nas filas, respeitando o espaço de pelo menos um metro. As filas estão sendo feitas do lado de fora das unidades e a entrada controlada para evitar aglomerações.

Também estão controlando os lugares das mesas, sempre pulando um banco de uma pessoa para outra.E orientando a todos os usuários sobre a higiene das mãos, estimulando cada um a lavá-las, antes e depois, de fazerem as refeições, além da utilização do álcool gel, que está disponibilizado em todo o salão.

Além disso, há a divulgação de áudio interno e cartazes com medidas de assepsia.
Como funcionam os restaurantes?

O restaurante de Campo Grande foi o primeiro dos três Restaurantes Populares municipalizados pela SMDEI a ser aberto no município do Rio de Janeiro. Estava fechado desde setembro de 2016. O de Bangu começou a funcionar em agosto de 2017 e o de Bonsucesso em fevereiro de 2018.

Os três abrem de segunda à sexta-feira para café da manhã, das 6h às 9h, e para almoço das 10h às 15h. O café da manhã custa R$ 0,50 e inclui café, leite, pão e fruta. O almoço, a R$ 2,00, inclui arroz, feijão, carne, salada e sobremesa e uma bebida.

Os restaurantes são equipados com o que há de melhor em termos de qualidade nutricional dos produtos servidos, do cardápio sempre muito bem elaborado e da equipe que faz tudo isso acontecer com um serviço oferecido de primeira.