WhatsApp passa a limitar encaminhamento de mensagens O aplicativo de mensagens WhatsApp passou a limitar, a partir desta terça-feira (7), o encaminhamento de mensagens para apenas um contato por vez. O limite passa a valer quando a mensagem for encaminhada cinco vezes ou mais, de acordo com a empresa.

Em meio à pandemia do novo coronavírus, que já infectou mais de um milhão de pessoas no mundo todo, a medida visa combater a propagação de notícias falsas – também conhecidas pela expressão em inglês fake news – no WhatsApp.

O aplicativo é o único do gênero a estabelecer um limite para o compartilhamento massivo de mensagens. A empresa informa que, por mês, tem banido 2 milhões de contas que ferem as boas práticas de uso do app ao fazer envios de mensagens em massa ou de maneira automatizada.

Em um comunicado oficial, o WhatsApp informa que tomou a medida de restringir os envios de mensagens para evitar a propagação de conteúdos falsos ou errados.

“Observamos um aumento significativo na quantidade de encaminhamentos que, de acordo com nossos usuários, podem fazer com que os usuários se sintam sob pressão, além de contribuir para a disseminação de informações erradas. Acreditamos que é importante diminuir a propagação dessas mensagens para manter o WhatsApp um lugar para conversas pessoais”, informa a companhia.

O Whatsapp também vai passar a usar a sinalização de setas duplas para indicar que a mensagem recebida não foi criada por quem a enviou.