Preso prefeito de Florianópolis O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (sem partido), foi preso na manhã de hoje (18) pela Polícia Federal na operação Chabu, que cumpre mais seis mandados de prisão temporária e 23 mandados de busca e apreensão. Ele é suspeito de participar de uma organização criminosa que violaria o sigilo de operações policiais em Santa Catarina, além de supostamente participar de um esquema para bloquear investigações de órgãos públicos.

Além do prefeito, também foi preso o delegado da Polícia Federal Fernando Caieron e o ex-secretário da Casa Civil Luciano Veloso Lima.

O nome dado à operação significa dar problema, falha no sistema. O termo era empregado por alguns investigados para avisar sobre a existência de futuras operações policiais.

De acordo com a PF, a organização criminosa composta por políticos, empresários e policiais federais lotados em serviços de inteligência, buscava atrapalhar investigações policiais. Os possíveis suspeitos pagavam propinas em troca de vazamento sistemático de informações. Os valores do suborno não foram divulgados.

As provas da investigação, segundo a PF, apontam prática de associação criminosa, corrupção passiva, violação de sigilo funcional, tráfico de influência e corrupção ativa.