Publicidade

Brasileiro de igreja em Londres é vítima de Covid-19 Em Londres, na Inglaterra desde 2003, o brasileiro Gessui Tavares de Araújo, de 69 anos, foi mais uma vítima da Covid-19. O carpinteiro morreu na última terça-feira (31) após ser infectado pelo novo coronavírus, conforme reportagem da Folha de S.Paulo. A vítima pertencia ao grupo de risco, pois sofria de diabetes, além da idade avançada.

Apesar de trabalhar como carpinteiro, Gessui gostava de cozinhar e também atuava como chef de cozinha em um igreja evangélica em Londres. Em um dos trabalhos realizados na instituição religiosa, o brasileiro participou de um almoço para 50 pessoas, em 07 de março.

“Ele era um grande cozinheiro e sempre chamava todo mundo para dividir a comida”, contou Hélio Cruz, que morou junto com Tavares em uma república, ao jornal Folha de S. Paulo.

Na data do encontro não havia restrições de circulação e isolamento social no Reino Unido. No entanto, a suspeita é de que o brasileiro tenha se infectado com o novo coronavírus neste almoço.

“Todos que estiveram naquele dia acabaram contaminados pelo coronavírus”, conta a pastora Marcelle Leake.

Levado ao hospital no último dia 27 de março, Gessui foi internado e nos dias seguintes seu quadro só piorou. Ele era diabético e estava no grupo de risco da doença também pela idade.