Bolsonaro destaca preocupação em salvar vidas e suspensão do aumento no preço dos medicamentos Em publicação no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro anunciou a suspensão do reajuste de preço de todos os medicamentos por 60 dias. A medida foi tomada em decorrência da crise causada pela expansão dos casos de coronavírus no Brasil.

O balanço mais recente divulgado pelo governo federal mostra que o país tem 5.717 casos confirmados de coronavírus com 201 mortes.

O presidente destacou que a medida foi tomada "em comum acordo com a indústria farmacêutica".

Em novo pronunciamento sobre o coronavírus em rede nacional de rádio e TV, o presidente Jair Bolsonaro disse que sua maior preocupação é salvar vidas.

“Minha preocupação sempre foi salvar vidas, tanto as que perderemos pela pandemia quanto aquelas que serão atingidas pelo desemprego, violência e fome. As medidas protetivas devem ser implementadas de forma racional, responsável e coordenada”.

Bolsonaro também citou as medidas mais recentes do governo para amenizar o impacto da pandemia na população brasileira.

“Estão sendo adquiridos novos leitos, já com respiradores, equipamentos de proteção individual, kits para testes e demais insumo necessários. Determinei ainda ao nosso ministro da Economia que adotasse todas as medidas possíveis para proteger sobretudo o emprego e a renda dos brasileiros. Fizemos isso através de ajuda financeiras aos estados e municípios, linha de crédito para empresas, auxílio mensal de R$ 600 para trabalhadores informais e vulneráveis, entrada de mais de 1,2 milhão de famílias no programa Bolsa Família. Adiamos também o pagamento de dívidas de estados e municípios”.

O presidente agradeceu aos profissionais de saúde pela dedicação no combate ao coronavírus e voltou a falar da importância da colaboração de Legislativo, Executivo, Judiciário e sociedade civil para a preservação da vida e dos empregos.