Carlos Bolsonaro diz que Daniel Azulay não morreu por coronavírus O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho de Jair Bolsonaro, usou a sua página no Twitter para dizer que a informação de que o desenhista Daniel Azulay morreu vítima do coronavírus, é uma mentira.

“É muito difícil para estes dizer a verdade em algum momento… ele tinha leucemia!”, escreveu o vereador sobre a informação da família de Daniel Azulay.

De fato, o artista plástico lutava contra uma leucemia. Mas a informação de que ele contraiu o coronavírus foi divulgada por familiares do desenhista e foi publicada na sua página oficial.

“Com extremo pesar comunicamos que nosso querido Daniel Azulay faleceu hoje (26) à tarde no Rio de Janeiro. Ele estava tratando uma leucemia e contraiu coronavírus. Sua alegria continuará em todos nossos corações para sempre. Faremos rezas virtuais para ele nos próximos dias em virtude do isolamento. Daniel, Te amamos”, diz a mensagem publicada pelos parentes nas redes sociais.

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro irá investigar se a morte de Daniel Azulay foi mesmo causada pelo coronavírus ou pela leucemia.