Ouça aqui a Rádio Melodia!

Ministro da Saúde apresenta novos números do coronavírus no Brasil e desmente áudio no WhatsApp Dados divulgados hoje (22) pelo Ministério da Saúde mostram que o número de mortes em decorrência da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, subiu de 18 para 25 de ontem para hoje. Já o número de pessoas que contraíram o vírus passou de 1.128 para 1546. Segundo a pasta, com a nova atualização, todos os estado brasileiros possuem casos do novo coronavírus.

A Região Sudeste concentra o maior número de casos (926), seguida da Região Nordeste (231), da Sul (179), da Centro-Oeste (161) e a Região Norte (49).
São Paulo acumula o maior número de casos (631), seguido por Rio de Janeiro (186), Distrito Federal (117), Ceará (112), Minas Gerais (83) e Rio Grande do Sul (73).

Em seguida vem o estado de Santa Catarina (57), Paraná (50), Bahia (49), Pernambuco (37), Amazonas (26), Espírito Santo (26), Goiás (21), Mato Grosso do Sul (21), Acre (11), Sergipe (10), Rio Grande do Norte (nove),  Alagoas (sete), Pará (quatro), Piauí (quatro), Rondônia(três), Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Tocantins e Rondônia (dois cada). Amapá e Paraíba (um).

Ministro desmente áudio de WhatsApp

Durante a coletiva de imprensa, Mandetta desmentiu o áudio de WhatsApp atribuído a ele sobre a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Eu não mando áudio. Nem sei como se faz isso”, afirmou, sobre o conteúdo que tem circulado nas redes sociais.

No áudio falso, um homem com a voz parecida com a de Mandetta diz que a próxima semana “é a mais crítica para a transmissão”: “É fundamental o isolamento social. Ninguém sai na rua. Se a gente conseguir isolamento esta semana, talvez consiga virar o jogo. Espalhe isso. Esta informação é fundamental. Um beijo a todos”.