Após mais 6 mortes confirmadas em SP, governador Doria decide por quarentena O número de mortos no estado de São Paulo por causa do coronavírus subiu para 15 neste sábado (21) após o registro de mais seis vítimas fatais.

Com o aumento acelerado de vítimas, o governador João Doria decidiu decretar quarentena por 15 dias, a partir da próxima terça-feira (24).

O governador disse que vai usar da força policial para manter as pessoas em casa. Apenas serviços essenciais estarão em funcionamento.

O governo também decidiu suspender o passe livre.

O governo de São Paulo avalia que o surto de coronavírus deve durar "de quatro a cinco meses". No entanto, as medidas restritivas adotadas pela administração estadual, como a suspensão das aulas e a restrição de eventos, não devem ser aplicadas durante todo este período.

São 396 casos confirmados no estado de São Paulo até 18 horas de ontem, com 15 mortes e 34 pacientes internados em UTI em tratamento. Ao todo, são 9 mil casos suspeitos.