Mudanças nos transportes do Rio a partir deste sábado A Supervia vai fechar, a partir deste sábado (21), oito estações na Baixada Fluminense. Além dos trens, os outros setores do transporte também vão sofrer bloqueios, segundo o secretário estadual de Transportes, Delmo Pinho, como forma de conter o avanço coronavírus.

De acordo com o secretário, trabalhadores de setores definidos como 'essenciais' vão poder embarcar nos transportes apresentando a carteira de trabalho ou o crachá que identifique o setor de atuação. As categorias que vão poder embarcar estão sendo definidas nesta manhã. Mas Delmo Pinho citou que entre elas estão o pessoal da área de Saúde, da Segurança, Imprensa, pessoal de abastecimento de gêneros alimentícios, empresas de transporte, de supermercado e farmácias.

Todos esses acessos serão controlados com o suporte da Polícia Militar.

Ainda de acordo com o secretário, em um segundo momento, vai haver a criação de um passe especial - como os cartões eletrônicos do RioCard - para estes trabalhadores poderem embarcar de forma organizada.

As mudanças a partir deste sábado são:

Supervia
A partir de sábado (21), ficam fechadas as estações:
Ramal Japeri: Olinda e Presidente Juscelino; Ramal Belford Roxo: Coelho da Rocha, Agostinho Porto e Vila Rosali; Ramal Saracuruna: Campos Elísios, Corte 8 e Jardim Primavera.

Barcas
A CCR Barcas vai suspender as linhas Praça 15 x Cocotá e Praça 15 x Charitas com o fechamento, a partir de sábado (21).

BRT
A Prefeitura do Rio suspende temporariamente, a partir deste sábado (21), quatro linhas do BRT:
• 21 - Recreio Shopping x Jardim Oceânico (parador)
• 40 - Madureira x Jardim Oceânico (expresso)
• 53 - Sulacap x Jardim Oceânico (parador)
• 25 - Mato Alto x Jardim Oceânico (parador)
Duas linhas vão substituir temporariamente as que foram suspensas, segundo o decreto:
• 40 - Madureira x Alvorada (expresso)
• 25 - Mato Alto x Alvorada (parador)