Publicidade

Governo do Rio confirma morte de idosa por coronavírus em Miguel Pereira O Estado do Rio de Janeiro teve a primeira morte oficial confirmada pelo novo coronavírus. A secretaria de Saúde e a prefeitura de Miguel Pereira, no Sul Fluminense, informaram que a vítima é uma mulher de 63 anos. A idosa apresentava comorbidades e fazia parte do grupo de risco para a Covid–19. Já o caso em Niterói, que havia sido considerado no início da semana como o primeiro caso de morte, ainda não está na estatística oficial.

A mulher era diabética e hipertensa e apresentou sintomas no dia 15. Ela deu entrada em uma unidade de saúde do município no dia 16, apresentou piora no quadro e veio a óbito na última terça, mesmo dia que o material chegou para a análise do Lacen. Ela teve contato com paciente confirmado que viajou ao exterior.

Com relação à suspeita de Niterói, um primeiro exame acusou a presença do novo coronavírus na vítima. Trata-se de um idoso, de 69 anos, que morreu na terça-feira (17) no Hospital Icaraí.

A vítima teve choque séptico e pneumonia. Segundo o hospital, um enteado dele, que não foi atendido no local, veio de Nova Iorque, com teste positivo de coronavírus.

A morte por coronavírus só poderá ser confirmada após uma contraprova.