Primeira-dama abre o Instagram e ganha mais de 70 mil seguidores

Michelle Bolsonaro resolveu mais do que nunca se firmar como uma Bolsonaro. Avessa às redes sociais, a primeira-dama finalmente tornou seu perfil público no Instagram, mostrando um pouco do seu dia a dia em família e como membro da Igreja Batista Atitude, onde é ativa no Ministério Incluir, voltado para surdos. Rapidamente, a mulher do presidente Jair Bolsonaro ganhou milhares de seguidores.



O sucesso foi imediato: em dois dias, o número de seguidores subiu de pouco mais de 9 mil para 46 mil. Por lá, ela gosta de mostrar seus momentos em família e na igreja. Além de compartilhar vídeos fofos de saudades do seu falecido hamster. Michelle também costuma mostrar aos seguidores os presentes que ganha.



A primeira-dama costuma comentar reportagens a respeito dela e acontecimentos no mundo. Ela até pediu nota zero à escola de samba paulista Gaviões da Fiel por mostrar na comissão de frente desse ano uma encenação na qual Jesus era vencido por Satanás.



Ativa no Instagram desde 2013, Michelle está sempre atenta aos ataques contra ela e o presidente, que partem da velha imprensa. Em uma reportagem do jornal Extra por ocasião do Dia das Mães, por exemplo, a primeira-dama criticou o texto que dizia que ela havia deixado a mãe para ir a uma confraternização com os surdos de sua igreja.



“Só esqueceram de colocar que o aniversário do meu Ministério Incluir foi no sábado, e que no domingo, Dia das Mães, eu estava em Brasília com a minha família. Eita povo chato”, escreveu Michelle.